Agrotalks

5 táticas poderosas de Inbound Marketing para E-commerce

Não apenas de anúncios pagos vivem os e-commerces. Boas práticas de Inbound Marketing podem converter aqueles visitantes que vêm das redes sociais ou de buscadores em leads e, por fim, em clientes fiéis.

Para isso é necessário compreender a jornada de compra e como você pode utilizar de certas táticas para que os leads permaneçam mais tempo em seu site. Nesta publicação explicaremos: O que é o Inbound Marketing; Como ele pode beneficiar a sua loja virtual; E quais as estratégias que você pode começar a utilizar agora mesmo. Confira:

O que é e para o que serve o Inbound Marketing?

O Inbound Marketing é uma forma de atrair, converter e fidelizar através de técnicas de SEO, Marketing de Conteúdo e estratégias de marketing em redes sociais. Ao contrário da publicidade tradicional, que busca atrair os consumidores com propagandas e anúncios, esta estratégia faz com que eles venham até você de forma orgânica.

Como posso usar o Inbound Marketing para ajudar meu E-commerce?

Uma boa estratégia de Inbound Marketing pode até não dar resultados tão rápido quanto pagar por anúncios no Google. Entretanto, ela certamente ajudará a sua loja em diversos fatores como: aumento de tráfego, leads qualificados, buscas orgânicas, melhor posicionamento em buscadores, domínio de autoridade no seu segmento e, eventualmente, aumento nas vendas.

Sem mais delongas, confira as 5 táticas:

1. Crie um Blog

Uma das melhores formas de atrair leads interessantes é ter conteúdo relevante, atualizado e informativo. Isso, em um site focado em vendas como um e-commerce, pode ser feito com um blog.

Nele devem ser publicados artigos e notícias que tenham relação com o segmento da loja virtual. Eles devem sempre ser pertinentes para potenciais clientes em diversos estágios da jornada de compra.

2. Otimize seu conteúdo

O conteúdo do próprio site, como apresentação da marca e descrição dos produtos, também é bastante importante. Eles devem ser otimizados utilizando técnicas de Search Engine Optimization (SEO), que melhora o posicionamento do site em mecanismos de busca, como Google e Yahoo.

Essa otimização fará com que o seu e-commerce e os seus produtos sejam mais facilmente encontrados quando as pessoas buscarem por determinadas palavras-chave. Isso também diminui, a longo prazo, o investimento que você precisa fazer em anúncios online, pois aumentará o tráfego orgânico.

3. Aplique o funil de vendas

O Funil de Venda é a prática de segmentar a sua estratégia de marketing de conteúdo para os diferentes estágios da jornada de compra do cliente. Diferentes tipos de materiais devem ser produzidos para topo, meio e fundo de funil, conforme demonstra o gráfico abaixo:

funil de vendas

Em mais detalhes:

  • Descoberta (Topo): Etapa de atração, conteúdos com temas mais amplos que possam atrair o maior número de visitantes para o seu site, mesmo que não sejam necessariamente o seu público-alvo;
  • Interesse (Meio): Etapa em que o conteúdo fala sobre as dores do cliente em relação às suas soluções, início da segmentação dos leads;
  • Consideração (Meio): Etapa em que o conteúdo apresenta possíveis soluções para as dores do cliente, incluindo as que sua empresa oferece, sem fazer propaganda. Recomendável inclui call to action (CTA) para que o lead se inscreva para receber e-mails/newsletters;
  • Decisão/Compra (Fundo): Etapa de conteúdo direcionado para vendas, com CTAs diretos, fortes e convincentes, para que os seus leads já convencidos e nutridos fechem a compra.
  • Fidelização (Fundo): Etapa em que você deve se certificar que a experiência de compra do cliente foi boa e manter o relacionamento com ele para fidelizá-lo.

4. Nutra os seus leads

Depois de converter leads interessantes, que já tenham demonstrado interesse pela sua solução, é importante nutrí-los. Isso significa manter a sua marca de forma positiva na memória deles.

Existem algumas formas de fazer isso, como: campanhas de e-mail marketing, assinatura de newsletter, ofertas de descontos e/ou brindes para leads qualificados, assistência virtual no site para retirada de dúvidas, entre outros.

Algo importante de ser ressaltado é que sempre se deve tomar o cuidado entre ser presente e ser insistente. Enviar e-mails todos os dias pode ser mais prejudicial, e fazer com que os leads se desinscrevam do seu mailing, do que de fato converter em vendas.

Caso não tenha certeza sobre como desenvolver uma campanha do tipo, procure ajuda de profissionais especializados. Eles poderão encontrar a estratégia mais efetiva para o seu público-alvo.

Arrase no pós-venda

O seu relacionamento com o cliente não acaba, ou não deve acabar, com a compra. Para que este novo cliente se torne fiel é importante manter uma conversa ativa com ele e não deixá-lo esquecer de você.

Procure saber como foi a experiência de compra de seu cliente, se ele tiver alguma reclamação ou dúvida busque sempre dar algum retorno. É determinante que ele se sinta ouvido e bem atendido, mesmo que algum problema ocorra no caminho.

O pós-venda inclui também o monitoramento de redes sociais para ver o que os clientes comentam lá. A interação é bastante importante para que os clientes sintam que têm um canal aberto de comunicação com a empresa e passa confiança.

Uma estratégia de Inbound Marketing exige tempo, dedicação e investimento. Caso a sua empresa não tenha um departamento de marketing ou profissionais dedicados a esta área, é recomendável que você busque por uma equipe especializada. Dessa forma todas estas táticas poderão ser desenvolvidas de forma adequada e personalizada para as suas necessidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Uma agência focada em entender o seu negócio e ajudar sua marca a encontrar o propósito de existir.Uma agência focada em entender o seu negócio e ajudar sua marca a encontrar o propósito de existir.

Conversar
Fale com a AGROTALKS