Agrotalks

EmpreendedorismoComo Incentivar a Inteligência Emocional no Ambiente de Trabalho

Como Incentivar a Inteligência Emocional no Ambiente de Trabalho

Pare e pense: quais são as metas profissionais da maioria das pessoas que você conhece? Provavelmente: ascensão, estabilidade financeira e reconhecimento, certo? É claro que todos esses pontos são extremamente importantes, mas há outro ainda mais essencial e que rege todos os objetivos: o equilíbrio dos sentimentos. Mas como incentivar a inteligência emocional no trabalho? É isso que você vai descobrir neste artigo. Confira!

Afinal, o que é a inteligência emocional?

Antes de saber como incentivar a habilidade em pauta, é preciso esmiuçar o conceito. Muita gente acredita que, para ser emocionalmente inteligente, é preciso evitar algumas emoções. Mas, na verdade, o ato de sentir faz parte da experiência humana, não há como evitar.

De modo científico, podemos explicar esse contexto assim: todos os cinco sentidos (olfato, tato, paladar, visão e audição) captam “sinais” enviados de uma célula à outra, pela medula espinhal. O destino é a área frontal, onde fica armazenada a razão.

A questão é que, para percorrer esse caminho, as informações passam pelo sistema límbico, onde as emoções são produzidas. Uma área não pode evitar a ação da outra, mas ambas devem estar sempre em comunicação.

É nesse ponto que está o segredo: a sincronia entre razão e emoção no nosso cérebro dá origem à inteligência emocional.

Como incentivar a inteligência emocional e contribuir para carreiras profissionais?

O principal ponto para desenvolver e aprimorar a inteligência emocional é jogar luz nos sentimentos. Por exemplo, ao final de cada dia, vale observar quais foram os sentimentos vividos, em que momento e situação eles vieram à tona.

Sendo assim, podemos afirmar que a gestão das emoções está diretamente ligada ao autoconhecimento. Mas como isso fica na prática? Como é possível incentivar a inteligência emocional?

Veja algumas estratégias interessantes para todos os colaboradores:

Workshops

Por que não convidar um psicólogo ou psiquiatra para dar um workshop na empresa? É uma situação muito bacana para iniciar a jornada da inteligência emocional. Vale destacar que a educação sentimental é algo pouco ou nada presente na vida de muita gente. Então, é fundamental passar por um processo de aprendizagem mesmo.

Psicoterapia

A psicoterapia tem um papel essencial no autoconhecimento. Por isso, é importante que a empresa ofereça um plano de saúde aos funcionários. Ou, ainda, que informe locais que realizam atendimento a preços acessíveis.

Disparo de e-mails

Outro caminho para incentivar a inteligência emocional é o time de RH disparar e-mails com informações sobre o que é a autogestão das emoções, como desenvolvê-la, quais são os benefícios, etc.

Rodas de conversa

Vez ou outra, reunir os funcionários para falar sobre emoções pode fazer toda a diferença. Dê espaço para que cada pessoa fale como ela se sente no dia a dia, quais são as emoções mais frequentes e intensas, como ela lida com os sentimentos desde a infância… Eles sempre foram reprimidos ou puderam vir à tona?

A intenção é mostrar como é natural e saudável falar sobre as emoções.

Sistema de gestão de pessoas

Hoje em dia, existem algumas empresas especializadas na gestão de pessoas. Você pode contratá-las a fim de, por exemplo, aplicar testes de perfil aos funcionários. O objetivo é identificar quais são as emoções e juízos de valor mais predominantes. Assim, os próprios profissionais podem ter mais autoconhecimento.

Além disso, o RH pode entender como é a personalidade das pessoas, contratar pessoas com traços parecidos e traçar estratégias para que os funcionários e a empresa possam crescer mutuamente.

Biblioteca

Já pensou em criar uma pequena biblioteca no ambiente de trabalho? Há diversos livros que abordam o autoconhecimento e a inteligência emocional. Deixe um cantinho reservado para a leitura e possibilite o empréstimo das obras.

A partir dessas estratégias, já é possível incentivar a inteligência emocional e tornar os seres humanos mais conscientes de si mesmos.

As vantagens da inteligência emocional

Ser emocionalmente inteligente traz inúmeros benefícios. O equilíbrio das emoções está diretamente ligado aos seguintes aspectos:

  • diminuição do estresse e da ansiedade;
  • bom relacionamento interpessoal;
  • aumento da autoestima;
  • empatia;
  • maior poder de decisão;
  • melhora das metas;
  • entre tantos outros.

Então, tudo pronto para começar a incentivar a inteligência emocional no ambiente de trabalho? O processo leva tempo, mas não tenha dúvidas: os frutos são inesgotáveis.

Fonte: Agência Mestre

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Uma agência focada em entender o seu negócio e ajudar sua marca a encontrar o propósito de existir.Uma agência focada em entender o seu negócio e ajudar sua marca a encontrar o propósito de existir.